quarta-feira, 11 de agosto de 2010

A relação do ovo com a saúde

 Ao contrário do que muitos podem pensar, o ovo é um alimento de grande valor nutritivo. Contém proteínas, vitaminas e minerais, ácidos graxos saturados e insaturados, junto a outras sustâncias não menos importantes. É recomendado como alimento para uma dieta variada e equilibrada.

Os ovos contêm quantidades apreciáveis de vitaminas e minerais, destacando as vitaminas A, D, E, e do grupo B. Entre os minerais predominam o ferro, fósforo, zinco e selênio. É um alimento de elevado teor de proteínas de excelente qualidade.

O conteúdo de lipídeos de um ovo é de 11%, tendo especial importância a riqueza em fosfolipídeos. A relação entre ácidos graxos saturados e insaturados é favorável em termos de nutrição.

No período de crescimento, as crianças e os adolescentes devem considerar os ovos como um alimento recomendado para a correta nutrição. Por isso, o consumo nas primeiras décadas da vida tem poucas limitações. Nestas idades, o medo do colesterol conduz, às vezes, a restrições de alimentos, como no caso do ovo. O que pode ser causa de desequilíbrios na nutrição, crescimento e saúde.

Nas pessoas de idade avançada, o nível de colesterol no sangue tem mais importância, no ponto de vista cardiovascular. Uma dieta restritiva pode desencadear em carências de proteínas, vitaminas e minerais. O ovo pode ser um alimento de alto valor nutritivo, pode melhorar o estado nutricional e de saúde dos idosos, além da colina do ovo favorecer a função mental dos idosos que tem níveis insuficientes de acetilcolina.

O nível de colesterol de uma pessoa não é consequência do consumo de um alimento concreto, mas, sim, de sua dieta total (além de outros fatores). As medidas restritivas na dieta, devido aos prejuízos em torno do colesterol do ovo, podem levar a situações de deficiência em outros nutrientes.

No controle do colesterol, não é só o conteúdo de colesterol que influencia, mas também outros fatores, como a quantidade de vitaminas e minerais dos alimentos, assim como o conteúdo de ácidos graxos saturados e polinsaturados e a relação entre ambos. No caso do ovo, esta relação é favorável quanto a sua influencia sobre o nível dos lipídeos sanguíneos.
  • Como previnir a Salmonela
- Compre sempre ovos com a casca intacta e limpa;
- Respeite a data de validade;
- Não quebre o ovo nas bordas dos recipientes onde eles serão colocados;
- Não separe as claras das gemas com a própria casca do ovo;
- Não deixe os ovos, nem os alimentos que contenham ovo, mais de duas horas expostos à temperatura ambiente.
  • Três ovos
Você já cansou de ouvir e registrou na memória que comer mais do que três ovos por semana provoca aumento do colesterol, levando a problemas cardíacos. Mito!

Segundo estudos da Universidade de Surrey, na Inglaterra, o efeito do colesterol presente no alimento é insignificante do ponto de vista clínico e ele deve fazer parte de uma dieta balanceada.

Fonte: Nutrição Hoje

5 comentários:

  1. Vai aí mais uma dica para prevenir a salmonela. Não armazene(guarde) o ovo no "porta-ovo" que está na porta da geladeira, ou seja, Ovo na porta da geladeira não pode. Aí alguns perguntarão: Mas se não pode pôr o ovo na porta da geladeira então pq o porta-ovo fica aí. Então eu respondo, com certeza o fabricante da geladeira não tinha mínima noção de microbiologia, muito menos de salmonela. Rsrsrsrsr.
    O fato é que a porta da geladeira é aberta com frequência, com os movimentos de abrir e fechar o ovo trinca e aquelas rachaduras indesejáveis que a Aline citou acima aparecem. Outro motivo é a questão da temperatura. Com o abre e fecha da porta, a temperatura não fica adequada. O ideal é pôr os ovos na primeira prateleira da geladeira.
    Muito bom seu blog!! Parabéns.
    Bjos!

    ResponderExcluir
  2. Informações super importantes, eu gosto muito de ovo mais evitava por ennis motivos, vou comer mais agora.Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Com certeza Daniela...informações preciosas essas suas! Obrigada por contribuir. Estou lhe seguindo tbm. Abraço

    ResponderExcluir
  4. Ótima matéria amiga, eu amo ovos, de qualquer jeito, e também acreditei no mito,kkk.Bjks

    ResponderExcluir
  5. Olá, Aline!
    Nunca abri mão de ovos. Em alguns dias troco numa boa pela carne. Na sopa fica uma delícia um ovinho poché!
    Sobre guardar os ovos na prateleira da geladeira, a Dani tem toda razão. Sempre me preocupei com a instabilidade da temperatura da porta.
    Beijos!

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails